Como a Governança Corporativa funciona e ajuda pequenas e médias empresas


Ainda é muito comum encontrar líderes de médios empreendimentos que consideram a governança corporativa uma prática reservada apenas às grandes corporações. Geralmente, isso acontece porque esses empresários acreditam que esse tópico é muito complexo e não tem espaço em empresas menores.

Mas isso não poderia estar mais longe da realidade. Na verdade, os conceitos de governança corporativa podem ser aplicados em empreendimentos de todos os portes, já que não dependem do número de sócios ou colaboradores para serem colocados em prática.

Se você quer entender melhor sobre como a governança corporativa ajuda as médias empresas, confira este conteúdo até o final!


Como a governança corporativa funciona?

A governança corporativa pode ser definida como um sistema de práticas por meio das quais uma organização é dirigida e administrada. Para isso, levam-se em conta os quatro princípios básicos definidos pelo Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC): transparência, equidade, prestação de contas e responsabilidade corporativa.

O propósito é alcançar as melhores práticas de gestão em uma determinada empresa. Esse processo envolve o relacionamento entre os principais públicos de interesse do negócio - como sócios, diretores e demais stakeholders -, políticas de mercado, administração de orçamentos e investimentos, entre outros aspectos.


O que a governança corporativa faz pelas pequenas e médias empresas?

Ainda que não tenham a mesma estrutura, o mesmo número de colaboradores e nem lidem com as altas somas de valores que as grandes corporações, pequenas e médias empresas podem se beneficiar amplamente com as práticas de governança corporativa.

Afinal, esses empreendimentos também têm muito a ganhar se organizarem os processos internos e aumentarem o grau de confiança do público no negócio. Conheça algumas das principais vantagens de adotar esse sistema:


Redução de custos

Empresários que investem em governança corporativa conseguem diminuir drasticamente os índices de falhas nas operações. Além disso, é possível diminuir o desperdício de recursos, seja durante a produção de algum produto, ou mesmo no dia a dia da empresa, evitando que materiais sejam utilizados sem necessidade.


Aumento da credibilidade

As práticas de governança também possibilitam que uma organização melhore a sua imagem no mercado, passando mais credibilidade e confiança para fornecedores e clientes. Isso pode impactar diretamente na lucratividade do seu negócio!


Bom relacionamento entre os gestores

Outro benefício é a melhora no relacionamento entre os líderes da empresa. Como a governança corporativa privilegia o diálogo e a transparência, cria-se uma relação de confiança e os gestores passam a cooperar com mais facilidade.


Estabilidade econômico-financeira

Os princípios de prestação de contas e de responsabilidade corporativa fazem com que os sócios e gestores estejam atentos às finanças e protejam a viabilidade econômico-financeira da empresa. Assim, a organização fica mais estável, o que é extremamente importante no caso de empresas menores, que não contam com vastas reservas financeiras.


Profissionalização

A governança ainda favorece a criação de um ambiente empresarial mais organizado, em que todas as partes estão alinhadas quanto às suas responsabilidades. Assim, os processos passam a ser realizados de maneira mais profissional, alavancando o crescimento do negócio.

Agora que você já entendeu como a governança corporativa ajuda as pequenas e médias empresas, que tal saber mais sobre a mediação de conflitos no ambiente corporativo? É só acessar o link!

 (35) 99142-0268 | (35) 99142-0267